252 996 877  934 832 287 | 932 090 800  [email protected] 

               

Projeto Erasmus+ 

Stories of all, Stories for all - a digital approach to storytelling

Portugal, Espanha, Itália, Polónia, Estónia, Turquia

https://digitalstories.godaddysites.com/home  

Facebook -> https://www.facebook.com/Stories-of-all-Stories-for-all-102739008486660

Instagram -> @storiesofallstoriesforall  

 

Colocando a ênfase em padrões educativos ao mais alto nível, e preconizando abordagens educativas inovadores e eficientes, este projeto centrou-se em duas prioridades: narrar histórias, ou estórias, e inovar os nossos métodos de ensino, aprendizagem e avaliação por meio de ferramentas digitais. O primeiro aspeto referido constitui uma forma básica de partilhar e transferir informação; o segundo incorpora tecnologias na nossa prática profissional diária.

O objetivo do nosso projeto foi, assim, desenvolver competências de comunicação, cada vez mais necessárias e indispensáveis, garantindo a incorporação da narrativa por meio de tecnologias modernas. Assim, para além de competências comunicativas, tivemos também, como meta, o desenvolvimento da competência digital. Ambos são cruciais para a educação nos nossos dias. Digital storytelling combina a arte de contar histórias, tradicionais ou não, com recursos multimédia.

Neste projeto, as narrativas digitais foram para além das experiências dos alunos e foram aprimoradas pelos programas escolares, numa perspetiva de flexibilidade curricular. O seu desenvolvimento assenta em diferentes módulos, com complexidade crescente, e é construído numa lógica sequencial.

As principais temáticas a abordar fizeram os participantes preparar diversas histórias, ou estórias, numa perspetiva digital, mergulhando na cultura europeia e no seu património material, e imaterial, bem como a sua herança natural. O uso pedagógico das TIC foi um elemento-chave, de modo a preparar alunos e professores para a planificação e a utilização de narrativas audiovisuais. Numa outra etapa, esta abordagem inovadora levou-nos ao CLIL: o uso do inglês como uma ferramenta de comunicação, articulando o património cultural e natural e os currículos escolares (in)formais. Mais adiante, incorporamos currículos escolares formais, e analisamos diferentes maneiras de abordar métodos de ensino / aprendizagem baseados em projetos – promovendo pontes entre diversas áreas curriculares. O último tópico a ser abordado foi sobre histórias digitais e projetos quando usados como ferramentas de avaliação formativa. Ao escolher este conteúdo, tentamos responder às seguintes questões: as ferramentas multimédia podem ser recursos inovadores para ... contar histórias? Preservar o património da nossa comunidade? Promover conhecimento transversal significativo? Como podemos melhorar o ensino, a aprendizagem e processo de avaliação formativa nas nossas salas de aula através das TIC?

Alunos e professores de diferentes departamentos trabalharam as competências do século XXI, como a competência digital, a consciência da cidadania global, a resolução de problemas e o uso de diferentes linguagens. Graças à articulação entre os currículos escolares, o uso de TIC e ferramentas da web pretendemos transformar as nossas metodologias de ensino, de aprendizagem e de avaliação, tornando-os em processos mais eficazes e atraentes.

Por meio de atividades que fomentaram a autonomia e seguiram uma sequência de complexidade, o nosso trabalho fundiu a tradição de contar contos com tecnologia multimédia, como fotografia, texto, áudio, hipertexto, vídeo e várias técnicas de filme, fotos, vídeo full-motion com som, esboços e muito mais. As tecnologias da informação também foram usadas para desenvolver o próprio projeto, enriquecendo-o, ilustrando os resultados, divulgando-os e multiplicando-os. Todos os parceiros contribuiram com a sua experiência e práticas, para, colaborativamente, contruirmos uma educação europeia sólida, e um sentido de cidadania baseados nos valores europeus da solidariedade e da democracia.

Este projeto permitiu mobilidades à Estónia, Espanha, Turquia, Polónia e Itália, ficando o AEPBS com a receção da última mobilidade, em maio de 2023. Foram nossos parceiros os seguintes estabelecimentos escolares:

Hasan Orhan Ortaokulu, Muratli, Turquia

IES Puertas del Campo, Ceuta, Espanha

Laulasmaa Kool, Laulasmaa, Estónia

Ul. Tkacka 15, 95-200 Pabianice, Poland

Szkola podstawowa nr 2 im. Jana Pawla II, Pabianice, Polónia

Istituto Comprensivo Valmorea, Valmorea, Itália

 

Para cada encontro, produzimos uma newsletter para partilhar as atividades e aprendizagens realizadas. Estas podem ser consultadas de seguida:

Newsletter Estónia

Newsletter Ceuta, Espanha

Newsletter Turquia

Newsletter Polónia

Newsletter Itália

Newsletter Portugal 

 

O projeto terminou a 31 de agosto de 2023 e proporcionou experiências inesquecíveis a todos os seus participantes.